OS X Mavericks

OS X Mavericks

A Apple apresentou seu novo sistema operacional nesta semana: o OS X Mavericks. Essa esperada atualização focou em três importantes áreas do sistema operacional: Tecnologia, Recursos e Apps. Com a simples atualização para o OS X Mavericks, você conseguirá 1,5 hora a mais para navegar na web com a mesma carga de bateria. Utilizando 4 Gb de memória RAM, o sistema consegue comprimir os dados e armazenar até 6 Gb nessa mesma memória de forma dinâmica, possibilitando o uso de muitos mais recursos do sistema. Algo parecido ocorre com a alocação de memória para a placa de vídeo integrada, não sendo mais necessário especificar um valor fixo compartilhado. Desta forma, o OS X consegue utilizar a memória RAM de forma muito mais inteligente e direcioná-la para o que é realmente necessário. As notificações do sistema também estão mais inteligentes. Agora é possível, por exemplo, responder à mensagens diretamente da notificação e receber itens como notícias de websites. No Safari, é possível ver os links compartilhados por seus amigos no Twitter e LinkedIn e ainda exibí-los em um modo de leitura contínuo, facilitando a leitura de todo o conteúdo sem precisar abrir links. Toda a suíte de aplicativos iLife e iWork foi atualizada, trazendo uma grande melhoria nos recursos e desempenho dos aplicativos. Além disso, dois novos apps foram integrados ao sistema: Mapas e iBooks. Uma funcionalidade que ajudará muito a quem fica longe das tomadas é a diminuição do processamento e memória reservada para aplicativos que estão em segundo plano. Com este recurso, somente programas que realmente precisam de recursos os utilizarão. E, finalmente, uma das melhores notícias, a atualização do sistema agora é gratuita à partir de qualquer sistema prévio, assim como as suítes iWork e iLife também são gratuitas na compra de qualquer novo Mac desde o dia 1 de Outubro. Aproveitem!...

Leia Mais

Apple Event – 2 Novos iPhones

Apple Event – 2 Novos iPhones

A Apple apresentou neste dia 1o de Setembro sua nova linha de iPhones e, surpreendentemente, foram lançadas duas linhas ao mesmo tempo, o que nunca havia sido feito pela empresa. iPhone 5C Para esta linha, a Apple introduziu um iPhone com custo inferior e cheio de cores. Com sua parte traseira feita com uma peça única de plástico e seu interior reforçado com metal (usado também para ampliar a capacidade da antena), a Apple conseguiu apresentar um smartphone de baixo custo com grande estilo. Com 5 aparelhos de cores diferentes (azul, branco, rosa, amarelo e verde) e 6 cases também coloridas, o iPhone 5C ainda traz melhorias em relação ao seu antecessor, o iPhone 5, como sua nova câmera frontal de 1.9 mp e uma maior abrangência de redes LTE (4G), o que, diga-se de passagem, é a maior abrangência entre todos os Smartphones existentes hoje no mercado. Como estamos falando de baixo custo, os valores anunciados para um contrato de 2 anos nos Estados Unidos são US$ 99,00 para o aparelho de 16 Gb e US$ 199,00 para o aparelho de 32 Gb. As cases custam US$ 29,00 cada. iPhone 5S O iPhone top de linha também trouxe algumas novidades em relação às cores, sendo estas a Prateada, Dourada e o que a Apple chama de Space Gray (cinza espacial). Porém o foco fica em 3 itens principais: Hardware, Câmera e Segurança. Quanto ao Hardware, o chip da Apple foi atualizado para a versão A7, sendo o primeiro chip de 64 bits a ser utilizado em um Smartphone. Com 1 bilhão de transistores e mesmo tamanho que seu antecessor, o A7 torna o iPhone 5S em um dispositivo 2x mais rápido em processamento de dados e de gráficos. Também foi adicionado um novo chip de co-processamento chamado de M7. O M7 é responsável pelo processamento contínuo de dados de movimento, possibilitando uma nova geração de aplicativos para a saúde e exercícios físicos. Com tanto poder adicional, a bateria continua a mesma e, em alguns casos até superior que a do iPhone 5: 10 horas de duração utilizando Wi-Fi, 3G ou LTE ou 250 horas em stand by. Um grande foco desta nova versão do iPhone é a câmera. Foram tantas melhorias que é mais fácil listá-las do que explicá-las: Abertura da lente aumentada para f/2.2, permitindo a entrada de mais luz no sensor; Novo sensor de captura de imagem 15% mais largo; Auto contraste, ajuste de branco, leitor de tons da imagem, matriz de elementos e múltiplas fotos fazem com que o ato de tirar foto seja simplesmente apontar e disparar. Nada de ficar editando fotos depois; Um novo flash chamado pela Apple de True Tone Flash utiliza...

Leia Mais

App Store paga 2.6 vezes mais que o Google Play

App Store paga 2.6 vezes mais que o Google Play

De acordo com pesquisa realizada pelo blog App Annie entre Janeiro e Abril de 2013, o crescimento do Google Play (em renda e downloads) foi muito maior que o da App Store: 90%, porém, quando trate-se de monetização, a App Store inverte o jogo e rende 2.6 vezes mais. Em comparação ao último quadrimestre de 2012, houve uma queda de 35% na diferença de rendimento entre as duas lojas o que é justificado pelo aumento significativo de downloads do Google Play. Porém há de se levar em conta que, ao olharmos para os aplicativos individualmente, a App Store ainda está muito a frente. Uma curiosidade é que os Estados Unidos são os maiores responsáveis pelo crescimento da renda para iOS e a China está crescendo muito, já se tornando o país com a maior quantidade de downloads na App Store. Neste cenário, os Games continuam dominando e são responsáveis por cerca de 70% de toda a renda da App Store, enquanto que no Google Play atingem cerca de 80%. Com este cenário favorável em ambas plataformas, vemos que a App Store ainda gera um retorno financeiro maior e mais rápido para as empresas, o que deve demorar a ser batido. E você, o que está esperando? Entre em contato conosco e solicite um orçamento para seu aplicativo agora...

Leia Mais